09 maio, 2009

Escola tenta abafar abusos sexuais a alunas

Foi em Lagos, onde um professor de uma escola primária abusou sexualmente de pelo menos cinco meninas. Os pais afirmam que a presidente do Agrupamento Escolar tentou abafar o caso. Até hoje, o Ministério da Educação não deu apoio psicológico às vítimas. É um resumo da última crónica de Hernâni Carvalho, que pode ser vista na íntegra aqui.

Etiquetas: , , , ,

|

Ligações de outros sites para este texto:

Criar uma hiperligação

<< Página principal