12 setembro, 2007

Fidel: «Havia toneladas de ouro nas Torres Gémeas»

Mais vale tarde que nunca:

«Líder cubano diz que o mundo foi «enganado» sobre o que aconteceu a 11 de Setembro

A televisão cubana emitiu uma reflexão de Fidel Castro, em que o líder volta a criticar os Estados Unidos, agora a propósito do sexto aniversário do atentado de 11 de Setembro, revela o El País.
Fidel diz que o governo de Bush está a ocultar a verdade sobre o que sucedeu, considerando que «houve desinformação deliberada»: «O mais dramático é a afirmação de que possivelmente nunca se conhecerá o que realmente ocorreu».
Entre os mistérios por esclarecer encontrar-se o facto de que no mesmo dia em que foi perpetrado o ataque em Nova Iorque «havia nas caves das torres 200 toneladas de barras de ouro» e que havia ordens para «disparar a matar contra quem tentasse chegar ao ouro», frisou, continuando a explanar as suas dúvidas: «Os cálculos sobre as estruturas, o impacto do avião, as caixas negras encontradas e o que revelaram não se ajusta aos critérios de matemáticos, sismólogos, especialistas de informação e especialista em demolições».
Usando algumas teorias que foram usadas inclusive em filmes, o líder cubando refere que «analisando o impacto de aviões similares aos projectados contra as torres, caídos em cidades densamente povoadas, conclui-se que nenhum avião chocou com o Pentágono».»

Etiquetas: ,

|

Ligações de outros sites para este texto:

Criar uma hiperligação

<< Página principal