21 janeiro, 2008

Francisco Moita Flores pede repressão «muito forte»

Francisco Moita Flores revela aqui exemplos práticos e reais de como os actuais políticos e as últimas reformas penais por eles implementadas protegem cada vez mais os criminosos e perseguem implacavelmente os polícias que se esforçam por combater o aumento da violência. A entrevista foi realizada em Dezembro na RTP2 a propósito dos homicídios relacionados com a noite do Porto, altura em que este criminologista e ex-Inspector da Polícia Judiciária veio a público apelar a «uma acção de repressão muito forte».

Etiquetas: , ,

|

Ligações de outros sites para este texto:

Criar uma hiperligação

<< Página principal