09 julho, 2007

Paula Moura Pinheiro comenta "Loose Change"

Os cibernautas por aqui passam devem lembrar-se que o documentário sobre os atentados do 11 de Setembro Loose Change (11 de Setembro: Conspiração Interna) foi transmitido cinco vezes na RTP em Setembro de 2006 (quem não o viu pode aceder a ele em www.11deSetembro.net). A primeira emissão, a 8 de Setembro no canal 2:, foi precedida do programa Câmara Clara, da jornalista Paula Moura Pinheiro, que teve como convidados Mariano Gago, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, e Nuno Ramos de Almeida, jornalista e activista do Bloco de Esquerda.
No final desse programa Paula Moura Pinheiro apresenta o filme: «Loose Change é um documento imperdível. Terrivelmente bem construído, este documentário desenvolve a tese que o 11 de Setembro teve origem numa gigantesca conspiração interna nos Estados Unidos da América». Mariano Gago comenta entredentes: «Que horror!». Nuno Ramos de Almeida diz que «é como acreditar que somos visitados todos os dias por marcianos».
Expressões que lembram outras proferidas na mesma altura, como as de Daniel Oliveira, dirigente do Bloco de Esquerda, que chamou «paranóicos» e «fanáticos sem limites» aos que questionam a versão oficial dos atentados do 11 de Setembro; e a frase de Pacheco Pereira, ex-deputado do PSD: «quem leva a sério o Loose Change devia usar um badge [crachá] a dizer que é estúpido».

Etiquetas: , , , , , ,

|

Ligações de outros sites para este texto:

Criar uma hiperligação

<< Página principal